A verdade sobre os Gatos

As historias e informações que ouvimos sobre os gatos são um tanto fragmentadas, exemplo disso é a quantidade de historias fantasiosas e informações equivocadas ao seu respeito. Isso sem falar da constante comparação com outros animais domésticos, como os cachorros. Mas afinal o que é o gato?
Os gatos tem uma longa historia com os seres humanos, a primeira associação entre eles foi datada de mais de 9mil anos atras, apesar de alguns dizerem que sua domesticação é muito mais antiga. cat_did_u_forget

O que se deve saber primeiramente sobre gatos é que eles não são cachorros, nem minimamente. Parece estrando falar assim, por ser algo muito obvio, mas não. A constante comparação entre esses dois animais, somente por serem os mais populares animais domesticados, já deu muita dor de cabeça e preconceito entre as especies. Os gatos vem da família Felidae, enquanto os cachorros vem da Canidae. Ou seja, sua semelhança mais relevante com os cachorros é o fato de ser um dos poucos animais a serem domesticados.

Os gatos, são os únicos animais domesticados que ainda possuem seu lado selvagem quase intacto, ou seja. Apesar de dormirem em nossas camas e viverem conosco, apesar de não ser o ideal ou recomendado, podem se virar muito bem sozinhos, pois seus instintos não se deixaram influenciar muito pela sua domesticação.

Outra característica muito associada e mal compreendida é sua Independência, outros da mesma família como panteras, leões, tigres e onças são geralmente solitários, não precisam necessariamente viver em grupo, como muitos outros animais. Porem isso não os impede de ser extremamente carinhosos com outros animais ou humanos. eM78wP0 É aqui que o ponto crucial acontece, os cachorros, assim como os lobos tendem a viver em grupo, alcateia ou matilha possuem seus lideres.
Um cachorro, como herdou essa característica, precisa de um líder, alguém para o guiar. Então ao ter um dono, o associa a líder e sua relação se forma a partir disso.

Um cachorro tem um dono, um gato tem um companheiro. Essa diferença pode ser tida como uma ofensa, pois afinal, os homens não lidam muito bem com igualdade de especie. Mas para os gatos é assim, ele não se sente melhor ou superior ao seu “dono”, mas sim igual. De igual para igual, ele não precisa de dono necessariamente, mas mesmo assim ele não vai embora. Ele pode muito bem, ao contrario dos cachorros, caçar para se alimentar, com as mudanças da flora do planeta os pássaros, especialmente pombos, são a garantia de gatos viverem melhor do que os cachorros, nas ruas, sem precisar necessariamente vasculhar lixo.

q3e87zRNos levando para a questão do adestramento. Muitos se perguntam se é realmente possível adestrar um gato, a resposta é sim. Um gato adulto tem a dificuldade maior do que um filhote quando se trata de adestramento, mas se for  bem adestrado desde seus primeiros meses de vida, podem sim responder a comandos básicos. Porem precisam de muita paciência, carinho e recompensa para serem treinados, graças as suas características intrinsecadas.

Habilidosos e com um senso de equilíbrio extremamente desenvolvido, os gatos podem sim cair de grandes altitudes em pé, graças a sua calda, um dos motivos da lenda de possuírem sete vidas. Outra característica marcante é que o cérebro de um gato é biologicamente mais similar ao de um humano do que o cérebro de um cão. Ambos, funny-cat-gifhumanos e gatos, têm uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções. Um gato consegue ouvir sons de alta frequência, cerca de 2 oitavas acima de qualquer humano. A capacidade de um gato encontrar a sua casa é chamado de “psi-viagem”. Os especialistas acreditam que os gatos usam o ângulo da luz do sol para encontrar o caminho, ou que existem células magnéticas no seu cérebro que atuam como uma bússola.
As costas dos gatos são extremamente flexíveis porque têm mais de 53 vértebras, enquanto os humanos apenas têm 34. Os gatos tem uma enorme habilidade de comunicação, seja por gestos, gemidos, miados ou expressões faciais. Dependendo da raça, são capazes de emitir cerca de 100 tipos de vocalizações diferentes, incluindo sons que se assemelham à linguagem humana.

Outra característica dos gatos é a habilidade de ronronar, eles geralmente ronronam quando se encontram em um estado de calma, prazer ou satisfação. Entretanto, pode ronronar quando está se sentindo com dor também. Cientistas ainda não descobriram a origem ou o motivo exato do porque ronronam. Mas uma coisa é certa, essa vibração faz com que o gato libere endorfina, causando uma sensação instantânea de bem-estar.
098_licks_cat_gifsA higiene de um gato é algo muito especial, eles passam muitas horas por dia cuidando da limpeza de seus pelos. Para isso, utilizam a superfície áspera de suas línguas para remover partículas de pó e sujeira. Outro aspecto característico da higiene desses felinos é o fato dele enterrar a sua urina e fezes, evitando assim que o cheiro denuncie sua presença a uma possível presa ou predador.

As historias e lendas que rondam os gatos são muitas, muitos povos antigos tinham a característica de reverenciavam os gatos, como por exemplo a cultura egípcia, birmanesesa, celta, latina, nórdica e persa. Os budistas o veneravam também, devido a sua capacidade elevada de auto-domínio e ao fato do animal apresentar capacidade de concentração semelhante à obtida por meio da meditação.

bloda_cat_07
Pelas características de independência e das varias lendas de conseguirem ultrapassar as barreiras da vida e da morte, horrivelmente durante a Idade Média, eles foram vítimas de inúmeras crueldades, pois as pessoas acreditavam que esses animais eram possuídos pelo diabo. No século XV, o papa Inocêncio VIII chegou a incluir os gatos pretos na lista de seres hereges perseguidos pela Inquisição. Assim, esses gatos foram acusados de estarem associados a maus espíritos e, assim, muitos foram queimados nas fogueiras juntamente com as pessoas acusadas de bruxaria. 
Pode parecer coisa do antigo mundo, mas infelizmente hoje em dia existem muitos casos de violência e rituais religiosos incluindo a morte e o sofrimento dos gatos. E em feiras e doações, geralmente são os últimos a conseguirem um lar, por causa de sua pelagem escura.

Amáveis, independentes, higiênicos, preguiçosos, flexíveis e com um senso de equilíbrio espetacular, os gatos são fascinantes. E como todo animal nos ensinam muitas coisas, não deve se deixar levar pelas horríveis historias. Muitas pessoas encontraram no gato, seu melhor amigo. Por fim, deve ter em mente que gatos e cachorros são amáveis, e não se deve perder tempo tentando decidir qual é o melhor. Basta ter a capacidade de aceita-los com todas suas características e peculiaridades.

Anúncios

3 pensamentos sobre “A verdade sobre os Gatos

  1. Na minha vida tive apenas cachorros, sou apaixonadaaaa, se eu vê um na rua sempre faço me seguir. Há pouco mais de 3 meses que eu ganhei meu primeiro gato, e tinha certeza que não ia conseguir gostar do mesmo jeito q os cachorros, mas… me apaixonei pela minha gatinha, se eu pudesse, vivia com elaa direto no braço kkk, mais eles são tao independentes.

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s