A Menina Submersa – Relatos de uma Assombração

The_Drowning_Girl_by_Caitlin_R._Kiernan_Interior_Two

“Fantasmas são essas lembranças fortes demais para serem esquecidas, ecoando ao longo do dos anos e se recusando a serem apagadas pelo tempo” – A Menina Submersa

Vou escrever uma resenha sobre um livro de fantasmas agora. eu digitei.

  • Imp sofre de esquizofrenia.
  • Imp esta escrevendo um livro, sobre os fantasmas que assombram sua vida, apesar de nem todos estarem mortos de fato.
  • Imp tem problemas em determinar o começo e o fim de historias.
  • Imp é uma artista e escritora.
  • Imp tem a ajuda de sua psicologa e de sua namorada Abalyn uma transexual.
  • Imp ve o fantasma de Eva, uma sereia que se afogou no rio Blackstone.

Eu poderia contar mais sobre a historia do livro. Poderia escrever uma resenha normal e facil de entender agora mas não vou. Desses tem de monte por ai,  você pode descobrir isso quando ler a sinopse atras do livro, na orelha ou ler, o livro em sí.
Vou relatar um caso de assombração que aconteceu comigo; esse livro me assombrou, assombra e irá assombrar. Mesmo agora, quase 10 meses depois de ter lido, ele ainda está presente em algumas atitude, as vezes vislumbro pela visão periférica algum fantasma assombrando meus pensamentos. Agora com menos intensidade do que no principio. Mas ainda sim foi uma semente que ainda germina dentro de meu consciente.

“O que mais tememos não é o conhecido. O conhecido, por mais horrível ou prejudicial a existência, é algo que podemos compreender. Sempre podemos reagir ao conhecido. Podemos traçar planos contra ele. Podemos aprender suas fraquezas e derrota-lo. Podemos nos recuperar de seus ataques. Uma coisa tão simples quanto uma bala poderia ser suficiente. Mas o desconhecido desliza através de nossos dedos, tão insubstancial quanto o nevoeiro.” – A Menina Submersa

Meu fantasma não foi alguém de carne e osso, não foi alguém que realmente pisou nessa terra como você. Não posso nem chamar de pessoa, o que me assombrou foi um livro.

Amo filmes de terror, me divirto assistindo, e as vezes ate sinto sono em alguns que muita gente fala que se perturbou. Posso dizer que sou uma pessoa forte, difícil de se impressionar e de se assustar por meio de filmes, livros e derivados.

12591998._SX540_
Mas eu fui pega.

E quando me deu por mim o livro havia sido uma grande peça da minha vida, trazendo delicadeza, grosseria e coisas obscuras. Com todas as sereias, lobisomens, mulheres assassinadas ou que cometeram suicídio.

Vejo sereias nos lugares. Vejo sereias em mim. Me tornei uma sereia.

Na minha cabeça quando leio algo, me assemelho a um vampiro que suga ao invés de sangue, conhecimento e pensamentos do escritor. Mergulho de tal forma, que as vezes deixo de ser eu, para ser aquela pessoa de letras, Imp, Mara, Katniss, Karou, Coraline.
Suguei a mente de uma esquizofrênica, e parte de mim se tornou mais esquisita. O livro nada mais é do que um conto de fadas para pessoas que já cresceram. Pessoas que consegue ver o mundo com outras perspectivas, ou tentam pelo menos.

“Nenhuma história tem começo e nenhuma história tem fim. Começos e fins podem ser entendidos como algo que serve a um proposito, a uma intenção momentânea e provisória, mas são, em sua natureza fundamental, arbitrários e existem apenas como uma ideia conveniente na mente humana.” – A Menina Submersa

Pude ver na minha assombração toques de Lewis Carroll, e uma escrita que foi o principal motivo de eu  realmente ficar submersa no mundo de IMP. No meio de tanta loucura e sereias suguei musicas assombrosas, pinturas e imagens. É um livro totalmente diferente e tudo que eu ja vi e li, com uma temática que cumpre seu papel, que não falta coisas ou pensamentos.

Porem as vezes as assombrações se tornaram pesada, leitura se torna densa, pode ser difícil em algumas partes, eu mesma demorei para terminar a assombração.

Uma vez me peguei mergulhada em um mundo estranho, imaginando coisas estranhas, acho que uma parte de IMP mora em mim, será possível?

ps: e enquanto eu viver levo comigo meu amuleto de sete

7/7/7/7
7/7
7
sete
7
7/7
7/7/7/7
VII
7

Fica aqui, uma playlist de todas as musicas citadas no livro, o que torna tudo mais real e assustador.

capa-menina-limitedInformações técnicas: Resenha de A Menina Submersa
Titulo: A Menina Submersa: Memorias
Autor: Caitlín R. Kiernan
Gênero: Terror/Fantasia
Ano: 2015
Páginas: 320
Editora: DarkSide® Books
Sinopse: Com uma narração intrigante, não-linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não-confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.

Anúncios

9 pensamentos sobre “A Menina Submersa – Relatos de uma Assombração

  1. Eu sinceramente não gosto de filmes de terror, filmes que envolvem possessões em especial, acho que pelo fato já ter ocorrido e eu ver tudo.
    Enfim, e sou como você, vendo filmes ou lendo livros o que seja, acabo sugando um pouco do personagem, autor o que seja, sugo e toda a minha visão muda é como se eu atingisse “novas bolas de visões” é como se muitas mentes vivem em mim, é l o u c u r a mas é o melhor jeito de se explicar.

    O livro é realmente intrigante e quero mesmo saber o pq disso dos 7, agora preciso ler o livro.

    Curtir

  2. “Na minha cabeça quando leio algo, me assemelho a um vampiro que suga ao invés de sangue, conhecimento e pensamentos do escritor.”, eu também! Obrigada pela identificação!

    Ah, esse livro tá na minha lista de espera aqui na prateleira, e depois da sua sinopse fiquei com um mix de ansiedade em ler e medo kkkk Ainda faltam umas 180 páginas de Drácula para terminar, até lá eu me decido

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s