Coraline, Resenha do Livro

As vezes nos deparamos com algumas obras que leva em conta que existem sim jovens e crianças inteligentes que querem algo além da mocinha em perigo. Neil Gaiman escreveu Coraline como seu primeiro romance para jovens, e surpresa, emocionou e apaixonou vários adultos junto. giphy (76).gif

Tudo começa quando os pais de Coraline se mudam, e a arrastam para uma casa sem graça no meio do nada com zero amigos e zero diversão. Ela é inteligente, mas se entedia muito fácil e seus pais também não ajudam nada ela se manter alegre. Eles trabalham muito e a principio parecem sempre cansados e fadigados. O clima é sempre chuvoso e apesar do Sr. e a Sra. Jones escreverem sobre jardinagem, eles mal saem de casa para entrar em contato com a terra e plantas.

Um dia para se divertir, Coraline conta todas as vinte e uma janelas e as catorze portas. Porém uma porta especifica chama sua atenção. É quando movida por curiosidade ela investiga um pouco mais, que descobre um mundo de magia e aventura. Coraline vai para um outro mundo, um mundo copia do seu mundo chato. Um mundo onde a comida de sua mãe é maravilhosa, seus pais tem tempo pra ela, seus brinquedos tem vida e até o gato preto estranho que ronda sua casa começa a falar. Enfim, tudo é muito melhor. giphy (74)

Mas como nada é perfeito, Coraline descobre que talvez esse mundo carregue um grande e terrível segredo, e talvez ela esteja em perigo.

Gaiman escreve brilhantemente esse conto de fadas as avessas de um jeito assustador mas inocente. Coraline Jones é uma menina corajosa e inteligente. A temática é rica, e Neil não aposta em dragões, gigantes, duendes ou príncipes, ele trata de algo mais universal e conhecido por todas as crianças, os adultos e seus pais.

“-Você realmente não entende, não é? – disse. – Eu não quero tudo o que eu quiser. Ninguém quer. Não realmente. Que graça teria ter tudo o que se deseja? Em um piscar de olhos e sem o menor sentido. E daí?”

A escrita é fluida e gostosa, nós faz enxergar com os olhos de Coraline e toda sua peculiaridade.  Cada capitulo é uma aventura, e um pouco desse mundo de Neil Gaiman é nos apresentado. Temos personagens muito interessantes como Gato, Wybie um vizinho estranho que ela acha que a persegue, e seus vizinhos: Sr. Bobinsky, April Spink e Miriam Forcible. O livro nos lembra vagamente as aventuras de Alice, mas de um jeito mais dark.

giphy (75)“-Gatos não têm nomes – disse.
– Não? – perguntou Coraline.
– Não – respondeu o gato. – Agora, vocês pessoas têm nomes. Isso é porque vocês não sabem quem vocês são. Nós sabemos quem somos, portanto, não precisamos de nomes.”

É muito legal ler em um livro de “conto de fadas”, mesmo que macabro. Com um enredo que tem salvar os pais como objetivo. Pais esses, que desde o começo foram apresentados como desleixados, mas que amam sua filha. ilustrac3a7c3a3o-livro-coraline-e-o-gatoE Coraline os ama e engole seu medo para salva-los.

O Livro já foi publicado com diversas capas e estilos, desde somente escrito e também em formato com ilustrações.
No Brasil o livro chegou em 2003 com um designer macabro e belo, que continha ilustrações de Dave McKean dando uma magia a mais para a história.  Depois já em 2009 o livro ganhou uma versão graphic novel, ilustrada por P.Craig Russel também pela editora Rocco.

Já o filme de 2009 também é adorado por muitos, chegou a faturar mais de 16 milhões de dólares, apenas no fim de semana de estreia. Ele foi filmado em StopMotion, e ganhou a graça dos críticos pela sua beleza e enredo.

 

Informações técnicas: Coraline

Download-Coraline-Neil-Gaiman-em-ePUB-mobi-e-PDFTitulo: Coraline
Autor: Neil Gaiman
Ano: 2003
Páginas: 155
Editora: Rocco
Sinopse: No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração.

Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.

 

 

Anúncios

12 pensamentos sobre “Coraline, Resenha do Livro

  1. Não li o livro e nem vi o filme. Soube do sucesso, porém.
    Acho legal a existência dessa e de outras histórias em que crianças descobrem mundos secretos, sempre com alguma surpresa desagradável, mas encontram meios para superar os desafios. São sempre lições de coragem e pureza.

    Curtir

  2. Comprei esse livro anos atrás pra dar de presente pros meus filhos, na verdade pra ler pra eles antes de dormir. Eles ficaram com medo, mas eu curti muito! Agora que eles estao mais velhos (13 e 10), vou tentar novamente, dando uma copia pra cada. A ver!

    Curtir

  3. Não vi o filme, mas quando sei que existe um filme não compro o livro, mas a história parece boa, na parte que leva aos segredos. No momento começando a ler ‘Lugares Escuros’, de Gillian Flynn. Abraços.

    Curtir

  4. Apesar do tempo de lançamento e de toda sua fama, não li o livro e nem assisti ao filme. Na verdade, não tinha me interessado nem em ler a sinopse.
    Gostei! Tanto da resenha como da estória, me interessou conhecer um pouco mais sobre o universo de Coraline!
    Bjs

    Curtir

  5. Olá! Eu somente vi o filme e, confesso que me assustei muito com ele. Me impressiona como a história conseguiu reunir macabro e inocente de uma forma tão diferente. O tempo todo não sabemos o que esperar da obra. Quero muito ler o livro, mas ainda não tive oportunidade. Pelo o que você falou, não parece ter muita diferença dele para o filme.

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s