Amber House – Resenha

Um livro bem escrito e inteligente, uma trama envolventemente delicada. Com magia e muito mistério, e o melhor: segredos de mulheres de varias gerações. Que nos faz parar no meio da leitura e nos perguntar “Porque não posso morar em Amber House?”

traditional-living-roomFiquei muito feliz, mesmo que por um instante, pude pertencer a essa grande e misteriosa família. O curioso é que por trás de toda a casa incrível o enredo, mistérios e o sobrenatural. Os dramas de todas as famílias se parecem no fim das contas, não é mesmo?

Tudo começa quando Sarah é levada junto com seu irmãozinho Sammy pela mãe para Amber House. Sua família enfrenta problemas financeiros e logo apos a morte da misteriosa Avó que Sarah teve pouquíssimo contato. Pois havia alguma discordância muito grava entre a matriarca com a mãe da menina. Já no primeiro momento que entra em Amber House, Sarah já sabe que não passará muito tempo ali. A casa está condenada, sua mãe está mais do que motivada em vender toda a propriedade para pagar despesas e conseguir algum lugar que não custe tanto para manter.

Um dos pontos mais positivos nessa história juvenil é sem duvidas, Amber House. Grande e extremamente antiga ela tem toda uma personalidade, cada comodo ou parte dela é como se fosse um ser vivo, que cresceu de forma orgânica. A casa tem sentimentos, a casa é parte da família.

“Amber House havia surgido no século XVII como uma casinha de pedra e troncos, e foi crescendo um pouquinho a cada geração, quase como um ser vivo. Lançou uma ala de tijolos, elevou-se num segundo andar e num terceiro, projetou para frente uma nova entrada, brotou lucarnas e frontões e varandas. A maior parte da casa era de madeira branca com acabamento em verde, com um monte de janelas quadriculadas, e chaminés aqui e ali. Soa pouco elegante, mas não era. Tudo combinava em um conjunto bem bonito. Um todo harmonioso.”

Essa história é para jovens adultos, adolescentes em geral. Sarah, a tipica personagem principal não tem mais de 17 anos, é rica, curiosa e bondosa. E tem grande crescimento pessoal ao longo da trama.

tumblr_mwt04koVa41t2no3io1_1280O enredo da estória se tem em Sarah conhecer os mistérios de sua família. Família essa que antes nunca havia sido apresentada ou informada. Conhecendo também essa obra que é Amber House, e com aquela problemática de que a casa já está condenada a venda. Sua mãe vai vende-la a qualquer custo, e uma parte de sua família vai se perder, ou já se perdeu.

Sarah tem o trabalho de tentar juntar os cacos, e descobrir mais sobre sí mesma, como toda adolescente. Encontrar o primeiro amor e coisas desse tipo. Pois sim, tem um romance, um pseudo triângulo amoroso, mas muito de leve. Fica quase que em terceiro plano.

Temos a parte sobrenatural, onde alem da magia que parece ser contida na casa. A menina aparentemente normal descobre ter um dom fantástico. Toda a magia criada pelas autoras é delicada e gostosa de ler e entender, não é gananciosa e nem toma o foco principal do enredo, é mais uma coisa que compõe a narrativa.

“(…) Sua avó costumava chamá-los de ecos, mas isso não é muito certo. Podemos deixar marcas físicas em uma coisa, como riscos e arranhões, não é? Creio que, talvez, nossos pensamentos e sentimentos possam deixar outros tipos de marca nas coisas que tocamos e usamos e amamos. Ou odiamos. E as mulheres da sua família, as que têm o dom, podem ver essas marcas, especialmente quando estão em sintonia com elas.”

Mas apesar de vermos muitas coisas que já vimos antes, essa é uma estória realmente boa, com um final que nos deixa em estado de missão cumprida. Que tem um ótimo gancho para a continuação, sim estamos falando de uma série. (Mas se você, como eu, tem alergia de séries, esse livro pode-se fingir muito bem ser volume único)

Os personagens são bem escritos, cativantes e muito queridos. E o roteiro muito bem escrito, com acontecimentos plausíveis e apesar de nunca imaginar um final como aquele, as autoras davam pistas do que iria acontecer. Então nos impressionou mas não fugiu em momento algum da linha de raciocínio.Então indico sim, esse livro juvenil e delicado. Que vai fazer você viajar no tempo de Amber House.

Informações técnicas: Amber House,Resenha

91wdx7-uQPL.jpgTitulo: Amber House
Autor: Kelly Moore, Tucker Reed, Larkin Reed
Ano: 2013
Páginas:  352
Editora: Jangada
Sinopse: Sarah nunca tinha pisado em “Amber House”, a imponente propriedade pertencente à família havia três séculos, onde dizem estar escondidos diamantes entre aquelas paredes. Ao se mudar com seu irmão e sua mãe, a garota logo se sente atraída tanto pelo belo Richard, que lhe apresenta um mundo de riqueza e privilégios, quanto pelo enigmático Jackson, que a desafia a encontrar os diamantes. Sarah começa a ter visões da história da mansão e pouco a pouco, descobre os segredos de Amber House: crimes antigos e traições recentes. Ela precisa descobrir logo as respostas para todos os enigmas existentes, antes que o passado aprisione a todos para sempre.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Amber House – Resenha

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s