UNIVERSOS DE ALICE IN WONDERLAND – Filmes, Livros e Musicas

Existem diversas Alices em diversos países das maravilhas, Musicas, jogas e filmes. Então eu reuni aqui um punhadinho de cada coisa, para você que gosta de Alice, saber mais sobre essas obras adaptadas, inspiradas ou baseadas.

Coisas citadas:
– Alice no Pais das Maravilhas – tradução de Jorge Furtado
– Alice (1988) Jan Svankmajer
– A Menina no Pais das Maravilhas (2009)
– The Lobster Quadrille – Franz Ferinad
– The Poison -All American Rejects
– White Rabbit – Jefferson Airplane
– Rabbit Heart – Florence The Machine
– Sunrise – Aerosmith

 

As Sociais:
📢 Facebook📚 Skoob📷 Instagram🐤 Twitter👻 Snapchat: beatthriz

Anúncios

3 pensamentos sobre “UNIVERSOS DE ALICE IN WONDERLAND – Filmes, Livros e Musicas

  1. Alice é demais, não é?
    Adoro nonsense 🙂
    O universo dela nos jogos Kingdom Hearts, que combinam os personagens da Square e da Disney, é sensacional!
    Se tiver oportunidade, jogue que é muito bom 🙂

    Com sua licença, convido para votar na melhor capa para a antologia Microcontos Volume 2, no meu blog:
    https://lucaspalhao.wordpress.com/2016/05/04/microcontos-volume-2-votacao-das-capas/

    Se tiver um tempinho, eu ficaria muito feliz se você desse sua opinião.

    Um abraço,
    Lucas Palhão

    Curtir

  2. Vim retribuir a visita que recebi no meu blog e, de repente, vejo que tem um post inteiro que fala de Alice!!!! 😮 Identificação total! 😀 Eu também adoro Alice. Tenho três edições diferentes: uma da Summus Editorial, muito boa, também comentada, que foi a primeira que li; a da Zahar que você mostra — e os comentários no centro da página são “tudo de bom” –, e as da Cosac Naif, que são uma verdadeira obra de arte.

    Mas meu interesse pelo universo de Carrol aumentou exponencialmente por causa do teatro, quando em 1999 eu assisti à peça “Alice através do espelho”, do “Armazém Companhia de Teatro”, uma das peças mais foda que já vi na minha vida. E mais ou menos na mesma época, uma professora de teatro da UFRJ montou um monólogo chamado “Alice”, com trilha original do Hermeto Pascoal.

    Ah! E eu adoro o filme do Tim Burton! Eu nem sequer sabia que ele era mal falado! rs Após assistir ao filme, inclusive, escrevi um texto em meu blog onde, além de falar um pouco das impressões causadas pelo filme, reuni três poemas feitos a partir das histórias de Alice (dois deles escritos após assistir às peças que comentei.

    Deixo aqui o link para esse texto: https://teofilotostes.wordpress.com/2010/06/04/lets-go-to-the-wonderland/

    Curtido por 1 pessoa

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s