Silber: O Primeiro Livro dos Sonhos

silber-8Inicialmente não sabia o que esperar deste livro, me encantei a princípio pela capa e a frase destacada “livro dos sonhos” me fez desejar o livro como um bebe birrento.

A personagem principal Liv e sua irmã Mia acabaram de chegar em Londres, seus pais separados sempre se mudaram muito então depois de longas férias as meninas tem a promessa de se estabilizar em Londres e viver uma vida “normal”.  Liv tem 15 anos, e é uma típica garota de sua idade, inteligente, bonita e meiga ela possui pessoas que a amam ao seu redor e uma base solida e estável. Conhecemos de inicio seus novos amigos, que são um pouco mais problema que ela, mas mesmo assim jovens imaturos. Ela é bem cabeça forte e adora um enigma, não se deixa levar por amigas deslumbradas com fofocas e popularidade.

Mas adivinha quem já no primeiro dia cai nas graças de toda a galera popular e vai parar no site/blog de fofocas da escola de ricos (bem gossip girl) onde foi estudar? Exatamente.A história que começou com esse tom normal de uma menina padrão e feliz logo ganha um tom mais macabro quando rituais de invocação de demônios entra na jogada e um mundo dos sonhos nos é apresentado.

Neste primeiro livro, temos um gostinho do que está por vir nessa série de livros. Amor, amizade, família e um bocadinho de coisas macabras. Liv é encantadora como personagem, com atitudes e falas que agradam facilmente o leitor. Exemplo é que o livro tem muitas referências nas falas dos personagens da cultura pop e clássica, migrando de Crepúsculo a Hamlet.

Pessoalmente, eu acredito que a história poderia ser um drama ou uma comédia juvenil sem nenhum ou bem pouco tipo de fantasia, pois os pontos do livro que me ganharam e instigaram a ler foram logo os “normais” sobre a vida da Liv mesmo. A impressão que tive foi de ver uma escritora ainda pouco amadurecida para dar uma conotação mais fantástica que fosse solida o bastante para não parecer bobo, nem macabra demais para sair da idade indicativa do livro.

As partes dos sonhos foram bacanas, entretanto as explicações, cenas ou diálogo sobrenatural ficaram meio rasas. E apesar de a Liv ser um personagem real muito bom, ela se tornava fantasiosa demais nas partes sobrenaturais.

Exemplo, uma ótima jovem comum, interessante, diferente e legal com ótimos diálogos, gostos e que você conseguiria ler em um livro sem fantasia. Nas partes sobrenaturais ou fantasiosas do livro, encorporava a viúva negra ou van helsing quebrando levemente as expectativas e a fidelidade com a personagem. É meio confuso.

Mas a escrita foi muito gostosa e mesmo que toda essa história de sonhos seja bem interessante, e esse seja o primeiro livro da série muitas coisas terão de ser explicadas, ainda fiquei com a impressão de que poderia ser melhor.

Como o final que foi meio abrupto, eu não esperava absolutamente nada do desenrolar da história e estava seguindo o fluxo. Então me surpreendi um pouco com o desfecho, mas fiquei mais confusa do que surpresa, pois o final não conseguiu me convencer, não havia explicativas suficientes para sustentar os elementos que levaram a aquilo.

Enfim, é um livro classificado por mim 3 estrelas, cativante e sobrenatural para o público Juvenil, com uma personagem interessante e cativante.

Resenha – Silber: O Primeiro Livro dos Sonhos

3

Anúncios

Um pensamento sobre “Silber: O Primeiro Livro dos Sonhos

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s