A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil

Feche seus olhos e imagine. 

a.jpg

Em um tempo futuro, onde o único planeta que você conhece lentamente está se reerguendo e se curando, mas sem as pessoas. Onde estão os humanos? Nas estrelas! Em Marte e em várias estrelas que você vê de noite, acolhidos e registrados na Comunidade Galática, os humanos agora vivem em vários planetas diferentes, junto com diversas outras espécies nunca antes imaginadas. Alta tecnologia, diversidades sociais e ambientais. Novos mundos, novas culturas novos bípedes para se conhecer. Embarque em Andarilha e perfure túneis pelo espaço aberto, reflita, descubra e se cative com os tripulantes dessa nave tão especial.

Enquanto estive a bordo, absorvi inúmeros ensinamentos de diversos sapientes, cheguei até a rever alguns conceitos e me maravilhar com algumas passagens e descrições sobre esse universo tão bonito, que apesar de muito explorado ainda é muito jovem. Compartilho alguns trechos que mais me encantei com vocês:

“Como eram uma das três espécies fundadoras da Comunidade Galática, aandriskanos eram vistos com frequência em qualquer lugar da galáxia. (…) Estruturas de parentesco complexas. sem conceito de espaço pessoal. fisicamente afetuosos. promíscuos. recriminou-se mentalmente por esse último pensamento. Era um esteriótipo que todos os humanos conheciam, querendo ou não, e revelava uma visão etnocêntrica. (…) Não julguem outras espécies pelas suas próprias normas sociais.”

“Comparar uma IA com um sapiente orgânico era como comparar um humano a um harmagiano. Era possível encontrar semelhanças, e ambos mereciam o mesmo respeito, mas, sob a superfície, os dois funcionavam de formas fundamentalmente diferentes.”

“A galáxia é um lugar de leis. A gravidade segue leis. Os ciclos de vida das estrelas e dos sistemas planetários seguem leis, As partículas subatômicas seguem leis. Sabemos as condições exatas que vão levar á formação de uma anã vermelha, ou um cometa, ou um buraco negro. Então, por que não podemos reconhecer que o universo também segue rígidas leis da biologia?
(…) 
Somos especialistas da galáxia física. vivemos em mundos terraformados e em gigantescos habitats orbitadores. criamos túneis através da subcamada para pular entre sistemas estelares. escapamos da gravidade planetária com a mesma facilidade com qual caminhamos pela porta da frente. porem, quando se trada de evolução, não passamos de uma ninhada recém saída do ovo, tateando por ai com nossos brinquedos. (…) talvez nenhum de nós tenha a capacidade intelectual de entender como a vida de fato funciona.”

“Se você quebrar um osso e eu já tiver quebrado todos os ossos do meu corpo, isso anula sua fratura? Por acaso faz passar sua dor, saber que eu sofri mais? (…) Os sentimentos são relativos. No fundo, são todos iguais, mesmo que venham de experiências distintas e existem em intensidades diferentes.”

“A verdade, é que você é capaz de qualquer coisa. Boa ou ruim. Sempre foi e sempre será. Sob determinadas circunstancias, você também seria capaz de coisas terríveis. Essa escuridão existe dentro de todos nós. (…) Tudo o que você pode fazer, assim como todos nós é trabalhar para se tornar uma força positiva. É a escolha que todo sapiente deve fazer todos os dias da sua via. O Universo é aquilo que fazemos dele.

A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil de Becky Chambers

4

Um pensamento sobre “A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s