Resenha Sobre os Ossos dos Mortos – Olga Tokarczuk

IMG_0326.jpg

Este livro ativou meu radar de boas leituras logo quando li a sinopse. Uma idosa vivendo quase isolada nos confins gelados da Polônia, que faz o mapa astral de todo mundo, conhece muito sobre astrologia. E pra completar protege os animais da floresta e mata das redondezas contra caçadores. A Escritora Olga Tokarczuk foi premiada em 2018 com um Nobel de Literatura o que contribuiu para minha completa sede de ler esse livro.

Nunca havia lido nada sob essa perspectiva, uma idosa. O que me chocou muito comigo mesma. A leitura foi tudo o que eu suspeitava e sentia que seria.

Os personagens são poucos, mas como acontece com livros criativos, o ambiente e os pensamentos da personagem principal se torna um personagem ativo. Temos moradores de vila pacata e isolada, pessoas que interagem vagamente com a principal.

O desenrolar em decorrência das divagações sobre astrologia, se você não se interessa por esse tema pode ser um pouco mais lento. Além da passagem de tempo ser muito grande e nos deixar meio perdidos sobre o que aconteceu semana passada ou 3 meses atrás.

É um livro de ritmo lento, mas com muita reflexão de mundo, delírios e pensamentos da nossa personagem principal. Sua visão de mundo se tornando um pouco extrema muitas vezes por conta de tratar e encarar os animais da mesma forma que vê os seres humanos. É um livro que fala sobre o equilíbrio, percepções, nosso tratamento com os animais e principalmente sobre vida e morte. É uma leitura reflexiva que mesmo que não concorde com o que Sra. Dusheiko diz, nos leva a pensar.

Foi traduzido direto do original, e amei demais toda a ambientação. Cada vez mais me interesso por livros que se passam em lugares que nunca ouvi falar. Indica a todos que gostam de uma leitura que te tira do lugar comum e o faz filosofar um pouco sobre a vida e morte.

 

IMG_0331IMG_0333IMG_0334IMG_0335IMG_0336

2 pensamentos sobre “Resenha Sobre os Ossos dos Mortos – Olga Tokarczuk

  1. Muito interessante, fiquei tentando lembrar de livros que li que eram na perspectiva de uma idosa. Só lembrei de um, o Guerra do Velho, que é uma ficção científica de ação. Nesse o personagem principal é um idoso bem no final da vida que perdeu a esposa. Embora o foco não seja nele sendo idoso, pelo que lembro pq li tem um bom tempo já, isso é presente no personagem. É um bom livro e de fácil leitura, se ler me fala o que achou 🙂

    Eu fiquei com vontade de ler um livro que seja na perspectiva de um idoso como o do Up: Altas Aventuras, que está sozinho. E que seja ele/ela no fim da vida refletindo sobre tudo. Esse livro é meio assim? Conhece algum que seja?

    Curtir

  2. Olá, Beatriz!
    Conheci este livro graças à você, e estou terminando de lê-lo. Realmente, muito bom! Está característica da autora de não descrever os personagens assim quando eles aparecem, deixando para depois, achei muito bacana. Além, é claro, da própria narração da personagem, com muita naturalidade e tão cativante… Enfim, muito obrigado por mais está dica!

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s